Amar de longe não é fácil. É complicado não acordar com aquele cheiro, aquele calor do corpo, aquele abraço. É doloroso não ter aquela voz no ouvido, aquele colo, aquela risada boa e boba. Pode ser logo ali, naquela cidade que fica a quarenta e cinco minutos de avião. Pode ser lá longe, em outro país. Pode ser em outro estado. Pode ser do outro lado do oceano. Não importa: a saudade arde. Mas serve para nos mostrar como o outro é importante. Clarissa Corrêa. (via antipoetico)

(Fonte: clarissacorrea, via vanessasofiaferreira)

7 287 notas
Na frase “eu amo a escola” o sujeito está no pré e usa mochila de rodinha

(Fonte: sociedade-secreta-troll, via garota-atomica)

18 324 notas